quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

uma das razões (e não a menor) pelas quais o esquerdalho controla isto

É a similitude de discursos entre ela e a direitinha.
Quem acompanha os blogues blasfémias e insurgente, espaços da direitinha nacional, sabe perfeitamente que o discurso entre uns e outros é, frequentemente, similar.
Vigilância estatal? fascismo. Repressão sobre os cidadãos? pidesca. Intervenção estatal na economia? fascismo. Discurso do rigor, do respeito e da obediência? salazarismo (como se tal fosse negativo). Etc.
Em comum, o referencial. Tudo o que é percebido como negativo pelo esquerdalho e pela direitinha é sempre fascismo, nazismo, salazarismo, reaccionarismo. Para a direitinha nunca se trata de leninismo, bolchevismo, marxismo, positivismo, iluminismo.
 Salazar? nem falar nele é bom. A direitinha portuguesa, mui cosmopolita e deslumbrada, mais depressa elogia Fidel Castro ou Lenine do que Salazar. Ser confundido com um salazarista ou um fascista? o maior receio da direitinha. A maior glória da dita? receber o certificado de bom comportamento por parte do esquerdalho, ser declarado isento de simpatias salazaristas.
 É fácil constatar por que razão eles controlam isto. Com uma direitinha destas nem necessitam de muito esforço.

https://blasfemias.net/2018/02/28/manifesto-anti-passos-coelho/

Ai o Dr. Salazar, que horror.

2 comentários:

  1. Aqui fica outro exemplo, caro João... a propósito das recentes declarações do Dom Manuel Clemente, esta criatura fala em "católicos progressistas":

    http://observador.pt/opiniao/nao-param-de-falar-de-sexo/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Observador é outro antro. Católicos progressistas sempre foram um flagelo e uma coisa que não existe. Ou são católicos ou progressistas. É como os católicos marxistas dos anos setenta.

      Eliminar