sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

A nossa obrigação

"No meu entendimento dá-se o caso de ser preciso, nos actuais calamitosos tempos, termos furiosos adversários como sinal de estar cumprida a nossa obrigação. Ser do agrado de todos, quando os demolidores da sociedade são tão abundantes, põe à mostra uma criminosa apatia do aplaudido."- Pedro Antonio de Alarcón, O Capitão Veneno (apresentação), p.9, Lisboa, Sistema Solar, 2016.

Sem comentários:

Enviar um comentário