terça-feira, 14 de novembro de 2017

Diz que para os sonhos não há impossíveis

Diz no Expresso, a propósito das barrigas de aluguer. E assim avança o país, sempre na vanguarda do progresso, rumo ao horizonte radioso.
 Barrigas de aluguer, "casamento" guei, adopção por casais gayzistas, mudanças de sexo, jantares em cemitérios (para todos os efeitos o Panteão é um), corrupção generalizada, protecção a criminosos, degradação da autoridade, criminalização do abandono de cães mas não de velhos, meios de comunicação que promovem tudo o que é aberração, propaganda a tudo o que é contra a natureza.
 Depois ficam espantados porque há seca. Tudo o que é feito implica consequências.

Sem comentários:

Enviar um comentário