sábado, 2 de junho de 2018

Nobreza

"Francamente, entre nós isto chegou a tal ponto que já não é por se ter destacado por qualquer façanha que alguém se considera uma pessoas extraordinariamente virtuosa, mas simplesmente por não ter prejudicado os outros no seu serviço e na sua vida pessoal, e fica zangado por não lhe prestarem atenção e não lhe darem condecorações (...). Não, na minha opinião, se uma pessoas não consegue ser nobre sem incentivos, não acredito na sua nobreza; essa nobreza é uma miséria, não vale um pataco."- Nikolai Gógol, O Casamento e outras peças (trad. Nina Guerra e Filipe Guerra, pp.224-225, Lisboa, Assírio e Alvim, 2018.

Sem comentários:

Enviar um comentário