segunda-feira, 30 de abril de 2018

O Syriza mostra o caminho

Os esquerdalhos que governam a Grécia querem dar a nacionalidade a 800.000 invasores para que eles possam votar nas próximas eleições. Pagando, naturalmente, a benesse.
 É isto que os multiculturalistas andam a fazer e farão de forma mais acentuada nos próximos anos.
 Depois disto, tirá-los do pode por via eleitoral será impossível.

https://www.gatestoneinstitute.org/12227/voter-rolls-greece

3 comentários:

  1. Há anos que eu venho dizendo que a pressa para importar tantos alógenos para dentro do Ocidente, visa exactamente impedir-nos de poder colocar forças nacionalistas no poder por via eleitoral. A Nova Ordem sabe que a cada dia que passa mais e mais pessoas estão a abrir os olhos e o crescimento dos partidos e movimentos patrióticos não pára de aumentar, daí a pressa para importar imigrantes em massa e conceder-lhes rapidamente o direito de voto. Isto está tudo pensado do princípio ao fim... Restará a guerra civil que apenas a muito custo e só com ajuda externa (China, Rússia, etc...) poderá ser ganha por nós:

    https://historiamaximus.blogspot.pt/2017/04/e-provavel-que-em-breve-rebentem.html

    https://historiamaximus.blogspot.pt/2018/04/da-guerra-civil-que-se-prepara-na-europa.html

    http://historiamaximus.blogspot.pt/2016/07/da-guerra-civil-que-se-prepara.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, e dando a nacionalidade a estes gajos, num espaço de uma geração deixa de existir qualquer hipótese de mudança por via eleitora.Pelo que os donos da nova ordem estão a lançar os europeus, propositadamente, na via da guerra civil.

      Eliminar
  2. Grécia, Londres, Portugal, e muitos outros locais por aí: territórios sob o domínio de mercenários-palhaço.
    .
    .
    Os mercenários-palhaço 'penduram-se' em salvadores da demografia. [a comunidade nativa não é demograficamente sustentável]
    Os mercenários-palhaço são lacaios ao serviço da alta finança (capital global): eles trabalham para a eliminação de fronteiras.
    [nota: a alta finança ambiciona terraplanar as Identidades, dividir/dissolver as Nações para reinar...]
    Os mercenários-palhaço, juntamente com mercenários-naturalizados, perseguem os autóctones que reivindicam o LEGÍTIMO DIREITO À SOBREVIVÊNCIA DA IDENTIDADE.
    .
    .
    -» O SEPARATISMO-50-50 é absolutamente necessário para que as pessoas que valorizam mais a sua condição autóctone do que a sua condição globalization-lover possam viver em PAZ E LIBERDADE!
    .
    .
    .
    Mais, a gente sabe como é que é:
    - maior controlo das fronteiras: sim!
    - abdicar das mordomias proporcionadas pela abundância de mão-de-obra servil: não!
    ---» Dito de outra maneira: O PESSOAL ESTÁ-SE A BORRIFAR para a Sobrevivência da Identidade!
    (obs: o pessoal sabe muito bem que os não-nativos naturalizados estão com uma demografia imparável em relação aos nativos)
    .
    RESUMINDO: Importante, mesmo, é mobilizar os nativos que se interessam pela sobrevivência da sua Identidade para o SEPARATISMO-50-50!

    ResponderEliminar