quinta-feira, 5 de abril de 2018

O mundo rendeu-se ao pontapé de bicicleta de Ronaldo

A crer no jornaleirismo nacional foi o que se passou. Na Grã-Bretanha já não se fala no caso do ex-espião e Theresa May pensa em dar as mãos a Putin. Lula chorou e afirmou não se importar de ir preso depois de ver um golo daqueles. Na Síria as diferentes facções assinaram uma trégua para apreciarem o gesto técnico uma e outra vez. Na África do Sul os pretos deixaram de espancar e matar fazendeiros brancos em homenagem a Ronaldo, o grande pai branco que trata a bola com magia.
 É, o mundo inteiro rendeu-se ao golo. Só a comunicação social portuguesa continua sem se render à inteligência.

Sem comentários:

Enviar um comentário