segunda-feira, 9 de abril de 2018

Azia

A dra. Diana está com azia. Não é a única. Há mais artigos por aí, na rigorosa imprensa lusita, que partilham a dor. As coisas são assim. Para a nossa direitinha muito liberal a democracia é óptima, a melhor invenção desde a roda. Mas só quando ganham os que devem ganhar. Quando é a "extrema-direita xenófoba e populista" a pobre da democracia fica logo em perigo. Curiosamente, esta direitinha tão atenta não se lembrou de dizer o mesmo quando a extrema-esquerda apoiou o governo do PS. E continua a não notar qualquer perigo para a democracia, dois anos depois e mantendo-se em vigor tal apoio. Quando a extrema-esquerda sustenta governos ou vence eleições não há perigo nenhum- a não ser para os xenófobos, certamente. O que nos mostra, novamente, o que já sabemos: direitinha e esquerdalho não se distinguem, actualmente, senão em termos económicos. E, mesmo aí, o materialismo é quem mais ordena.

https://observador.pt/opiniao/hungria-o-inverno-do-nosso-descontentamento/

Sem comentários:

Enviar um comentário