quarta-feira, 28 de março de 2018

Mais uma derrota para Trump

Do nosso enviado à América, Marcinho Ribas:

"Está por horas a destituição do fascista Trump. Após a entrevista da consagrada actriz St. Daniels o aspirante a nazi vê o chão fugir-lhe debaixo dos pés.
 Soubemos de fonte segura que o programa de entrevista à notável actriz foi o mais visto de sempre da televisão americana, com mais de 400 milhões de espectadores, só no país. As tácticas sujas do admirador de Mussolini e seus capangas (punks, como se diz aqui na América) não funcionaram. Durante meses, os esbirros do Franco da Casa Branca (white house, como se diz aqui na América), não pararam de difamar a srta. Daniels, tentando apoucar a sua nobre arte. Primeiro disseram que era actriz de películas para adultos, mas como isso se revelasse falso tentaram apoucá-la de outras formas, rotulando-a de inculta, perigosa para a sociedade, mentirosa e outras preciosidades. Não seria o facto de a srta. Daniels ser actriz de filmes para adultos que a diminuiria aos olhos da sociedade, pois muitos americanos são adultos e sabem distinguir as coisas, mas é sabido que a srta. Daniels é uma consagrada representante da sétima arte, com inúmeros prémios ganhos e não é por acaso que numerosos membros da Academia se levantaram, prontos a defendê-la.
 Posto isto, fontes seguras garantem que o aprendiz de Goebbels sairá da Casa Branca até final do dia, no máximo, sob acusações de difamação e abuso de donzela. A crise tem feito oscilar a bolsa e corre já uma petição na internet para que Obama, o mahatma Obama como é conhecido entre os democratas e progressistas, possa assumir a presidência e salvar a nação."

Sem comentários:

Enviar um comentário